NÃO PRECISA TER MEDO!

Por Edson Mesquita

“Assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele. Dessa forma o amor está aperfeiçoado entre nós, para que no dia do juízo tenhamos confiança, porque neste mundo somos como ele. No amor não há medo; ao contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor” (I João 4:16-18).

Um ambiente de amor é leve e descontraído. Quando há troca de amor entre as partes de determinado grupo de relacionamento, uma atmosfera de confiança de instala. João diz que, se nós conhecemos o amor que Deus tem por nós, nós confiamos nesse amor, pois Ele é amor! Quem se relaciona em amor com o Deus do amor, não precisa temer o juízo, a condenação eterna. O verdadeiro amor expulsa o medo. O medo supõe castigo, mas o amor gera confiança.

Qual pai gostaria que seu filho estivesse em casa pela força do medo? Será que o nosso Pai celestial, o Dono do amor, quer isso? Certamente que não! Ele Se revela em amor para que permaneçamos nEle em amor. Portanto, a caminhada com Deus jamais pode se basear no medo. Muitos querem ir para o céu só porque não querem ir para o inferno, não porque amam a Deus. Vivem debaixo de regras religiosas amedrontadoras e opressoras, por isso não têm certeza da salvação. Porém, quem ama a Deus anseia por estar com Ele eternamente, e está tão tranquilo da sua salvação que não tem medo algum do inferno!

Uma criança que vive num ambiente sem amor está sempre tensa, com medo da reação imprevisível do pai. Ela nunca fica tranquila; sua personalidade vai sendo deformada porque age para agradar aos pais na intenção de não ser maltratada, e não porque ama. Pode desenvolver inferioridade, autodepreciação, insegurança, ou também perfeccionismo, e será arrogante, soberba, alguém que vai pisar e maltratar outros. 

A relação com Deus se baseia única e exclusivamente no amor. Ele revelou Seu amor incondicional, pois Se entregou sendo nós ainda pecadores (Romanos 5:8). A única resposta que Ele espera de nós é de amor. O marido leal evita propostas indecentes porque ama sua esposa e não por medo de ser descoberto e rejeitado por ela. Assim também, se amamos a Deus, vamos resistir às propostas do pecado de maneira resolvida e leve. Essa consciência aperfeiçoa o amor em nós e afasta todo medo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s